Imagem capa - Brincadeira de criança como é bom! por Imagine
Dicas e Curiosidades

Brincadeira de criança como é bom!


Essa semana estava brincando com Pedro (meu sobrinho de 1 ano e 6 meses) e senti que ele já estava cansado dos brinquedos tradicionais dele, ai resolvi inventar algo novo, mas não tinha ideia do que fazer e se ia agradar.

 





Peguei uma bexiga "aquela bolas de encher usadas para enfeitar aniversário, pensei em encher e brincar, mas a bolinha soltou da minha boca e rodou, rodou e caiu no chão... Pasmem! ele achou o máximo! kkkkk Pronto a brincadeira nova estava formada! Encher a bola e soltar! Ele adorou!

Depois enchemos algumas e brincamos de bobinha, no caso minha cachorrinha era a bobinha! kkkk

Para finalizar brincamos de sentar na bola e estourar! foi o máximo!

Agora a pergunta porque será que ele adora a tia louca que ele tem! kkkkkk

Essa brincadeira me marcou e apesar dele ser bem novinho eu creio que tenha marcado a ele também!

Esse post é para te incentivar a buscar brincadeiras novas com seu filhos, sobrinhos e amiguinhos! Marque a vida deles!


Segue algumas brincadeiras bem criativas:

 

Achou!
Idade: de 6 a 9 meses
Número de participantes: 2 (um adulto e um bebê)

Sente o bebê no chão ou numa cadeira de frente para você. Pegue uma toalha e cubra o rosto com ela. Tire a toalha e mostre o seu rosto enquanto diz “achou”. Experimente também colocar a toalha na cabeça do bebê e tirá-la.


Upa, upa, cavalinho
Idade: de 6 a 9 meses
Número de participantes: 2 (um adulto e um bebê)

Sente-se numa cadeira. Cruze as pernas e sente a criança em cima de seus tornozelos. Segure suas mãos enquanto move suas pernas para cima e para baixo, cantando “upa, upa, cavalinho”.


Brincadeira de roda
Idade: de 1 a 2 anos
Número de participantes:  a partir de 2

Procure musicas de roda e chame a criança para brincar, pode entrar todo mundo na brincadeira, quanto mais melhor!


Exemplo de musica de roda:

Não atire o pau no gato (to-to)
Porque isso (Isso-Isso)
Não se faz (faz-faz)
O gatinho (nho-nho)
É nosso amigo (go-go)
Não devemos maltratar
Os Animais
Miau!


Bolhas de sabão
Idade: a partir de 2 anos
Número de participantes: a partir de 1

Misture duas colheres de sopa de detergente em um copo de água. Mexa bem e com um canudinho assopre. Quanto mais devagar a criança assoprar, maior ficará o bolha.


Estátua
Idade: a partir de 2 anos
Número de participantes: a partir de 3

Uma das crianças é escolhida como o chefe e as outras devem estar posicionadas de frente para ele. O chefe designa qual será a estátua. Pode ser de cachorro, passarinho, gato, cobra… Então, quem está no comando escolhe a estátua mais bonita, mais feia ou mais engraçada. Pode-se também colocar uma música para tocar e quando o chefe aperta o stop, todos param! O chefe vai a cada jogador e os provoca. Quem se mexer, perde!


Não me faça rir
Idade: a partir de 3 anos
Número de participantes: a partir de 2

Uma criança tenta fazer a outra rir, enquanto ela tenta desesperadamente segurar a risada. Quem rir primeiro, perde.


Boliche
Idade: a partir de 3 anos
Número de participantes: a partir de 2

Faça os pinos com garrafas pet, cheias até a metade. Depois, com uma bola, o jogador deve tentar derrubá-las. Em cada rodada, o participante pode tentar duas vezes.


Morto-vivo
Idade: a partir de 4 anos
Número de participantes:a partir de 4

Coloque as crianças em uma fila. Uma delas (que precisa estar fora da fila) ou você mesmo, fica de frente. Quando disser “morto”, elas devem se abaixar. E quando for “vivo”, elas precisam estar de pé. O condutor deve ir alternando as palavras e a velocidade. Quem errar, está fora da brincadeira.


Mímica
Idade: a partir de 5 anos
Número de participantes: a partir de 4

Divida as crianças em dois times. Um participante deve se dirigir ao grupo adversário, que irá falar alguma palavra. A criança tem três minutos para representar, apenas com gestos, e o time deve adivinhar. O time que acertar mais, ganha.


Dança das cadeiras
Idade: a partir de 6 anos
Número de participantes: a partir de 5

Separe algumas cadeiras, de acordo com o número de pessoas, menos um. Em uma fila indiana, os participantes devem circular pelas cadeiras, com as mãos para trás e ao som de uma música. Quando a música parar, elas devem se sentar na cadeira mais próxima. Quem ficou de pé é eliminado e uma cadeira deve ser retirada. Vence quem sentar na única cadeira que restar.


São Muitas brincadeiras, só ter criatividade e estar disposto!